A tecnologia que assusta

Clinicell

Casal Matheus e Nathany proprietários da Clinicell de Iporã

Falar de tecnologia nos dias de hoje é muito comum e corriqueiro. O assunto é abordado em qualquer lugar do mundo com a mesma força.

Em um passado não muito distante vivíamos literalmente desconectados de tudo e todos. Sonhávamos quando existiria uma tecnologia tal que pudesse nos favorecer e estar ao nosso lado.

Mas de acordo com Matheus Ribeiro da Clinicell de Iporã, empresa especializada em celulares, hoje temos o mundo nas mãos com o uso dos smartphones, que chegaram ao mercado com uma eficiência avassaladora. E, aliados a internet, vêm superando quase  tudo em comunicação móvel. “É surpreendente como os smartphones evoluem do dia para a noite, como se muda tudo em tão pouco tempo, o que é novo se torna velho em poucos dias”, comenta animado. Para Matheus uma das coisas que chama muito a atenção são algumas tecnologias do futuro que já não são tão futuristas assim. “Já existe uma tecnologia ainda pouco conhecida que já me tirou o sonoalgumas vezes, o Projeto Blue Beam”, confessa.

Matheus explica que esse projeto consegue fazer projeções holográficas em diversos lugares do mundo, podendo assim enganar a muitos com sinais e efeitos sonoros.  E segundo ele, para os celulares, a própria evolução do chip fora algo visto em filmes do passado e agora é totalmente real em nosso meio.

“Estamos conectados em tudo e todos e podemos até dizer que vivemos em uma geração de zumbis antenados. Porém, essa mesma tecnologia que assusta também fascina e estimula o nosso aprendizado, pois estamos em adaptação constante”, finaliza.

Tags:, ,

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário